Buscar
  • cmobasquete

Basquete Cidadão prepara retorno de sete departamentos do Projeto e disputa da Liga Nacional em 2022


Basquete Cidadão prepara retorno dos sete departamentos do Projeto e disputa da Liga Nacional em 2022


Foram 16 meses de paralização por conta da pandemia de coronavírus


Os sete departamentos do Projeto Basquete Cidadão tiveram, em 23 de março de 2020, as suas atividades paralisadas devido à pandemia de coronavírus. Agora com a flexibilização das medidas de restrição, o Projeto prepara o retorno dos seus departamentos, que vai desde as turmas de iniciação nos bairros, escolas e ginásios de Campo Mourão, que atendem 600 crianças e atletas, passando pelas categorias de base e mais quatro departamentos até chegar ao Basquete profissional.


“Mesmo durante a pandemia, o Projeto Basquete Cidadão, que é mantido em parceria pelo VipTech Campo Mourão Basquete e Prefeitura Municipal de Campo Mourão, através da Fundação de Esportes de Campo Mourão (Fecam), conseguiu preparar esse retorno com mais qualidade e estrutura, liberando um recurso de meio milhão de reais para a contratação de mais técnicos e profissionais”, relatou Emerson de Souza, técnico da equipe adulta e coordenador do projeto.


Além de iniciar a reforma do ginásio JK, que é a casa do projeto. Outra ação importante, que aconteceu através da Associação dos Servidores Municipais de Campo Mourão (ASSERCAM) e Fecam, foi a parceria firmada com o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), que já viabilizou para o basquete, em apenas duas competições, mais de 400 mil reais de investimento vindos de fora para o projeto.


“Tudo isso, aliado a Lei Municipal de Incentivo ao Esporte e ao apoio de mais de 50 patrocinadores e parceiros. O Projeto, com certeza, voltará ainda mais forte e organizado para atender as necessidades dos sete departamentos”, comentou Emerson.


Liga Nacional

Depois de garantir a franquia por mais dois anos na principal competição do país, que é o Novo Basquete Brasil (NBB), o VipTech Campo Mourão Basquete retomou o projeto, paralisado em março de 2020, com as equipes sub-22 e sub-20.


O objetivo é preparar uma base sólida e jovem. “Vamos começar jogando o Campeonato Brasileiro Sub-22 (LDB) e depois disputaremos o Campeonato Paranaense, Jogos Abertos e Jogos Universitário, além de outros campeonatos e torneios, visando o retorno à Liga Nacional de 2022. Esse planejamento é importante para dar o tempo de experiência necessário aos jovens do projeto, visando que eles ganhem experiência e rodagem em competições nacionais e adultas”, finalizou Emerson de Souza.

1 visualização0 comentário